Blog da Capricórnio

Postado em 20/09/2018
Tags: london fashion week, primavera/verão 2019, Londres, catwalk, passarela, desfiles

London Fashion Week fora da caixinha

Não espere moda comercial, desfiles convencionais e looks vaporosos, com cara de verão,  quando o assunto é London Fashion Week. O que se deve aguardar é uma moda desconstruída, com peças estranhas para os nossos dias quentes e visual excêntrico na passarela.

Ao contrário de Nova York, que iniciou a temporada de moda no hemisfério Norte, com uma proposta mais real e aproximada do consumidor, Londres segue com apresentações conceituais, zero óbvias. A passarela virou um show com criações que passeiam entre a pegada da sustentabilidade e interferências do estilo punk, com rasgos, puídos, manchas, ilhoses e alfinetes.

Os looks total denim vieram em lavagens mais claras, ora com respingos de tinta, ora em modelagens ajustadas e cós baixíssimo e desfiado. Quando o tecido  apareceu nos detalhes das roupas e nos acessórios, conquistou ótimas impressões. 

A peça unânime foi a saia com cintura deslocada e abotoamento frontal. A alfaiataria esteve muito presente, mixada ao sportswear, caso das coleções de Pedro Lourenço e Jamie Wie Huang. 

Ficou curioso? Dê soó uma olhada na nossa seleção de looks!

Pedro Lourenço usou denim cru em seus looks e se inspirou na arquitetura de Niemeyer para criar as peças. O resultado une a arquitetura representada pela alfaiataria, o conceito esportivo, em cores vibrantes e tecidos tecnológicos e o espírito das ruas, representado pelo jeans e pelos coturnos. 

O punk futurista da Byblos trouxe a holografia, aplicações em metal e até penas para tornar o jeans, único.

Maison Margiela misturou brilho acetinado a jeans detonado e com barras desfiadas. A coleção trouxe muitos looks desconstruídos, cheios de sobreposições e composições de gosto duvidoso, como chinelos de dedos com meias... 

Charlotte Knowles desfiou o cós das calças e desceu a cintura ao máximo, em looks mais sensuais.

Fotos: Reprodução

 

Postado em 18/09/2018
Tags: NYFW 2019, primavera/verão 2019, jeanswear, denim, calça jeans, jeans destroyed, bleached

Salada Fashion na NYFW

Não tem outra definição para os desfiles da Semana de Moda de Nova York. As passarelas foram palco de uma verdadeira salada fashion! 

Dentro do segmento jeanswear, houve espaço para tudo: teve denim em patchwork com efeito destroyed, simultaneamente; peças super descarregadas e com efeitos manchados, acessórios megalomaníacos, modelagens diferentonas e até peças básicas, como a clássica jaqueta.

Os designers, de forma geral, trouxeram propostas mais excêntricas do que nas estações anteriores. Para isso, mixaram estilos de diferentes décadas, unindo no mesmo look, cores super vibrantes e estampas inusitadas, como a do personagem de desenho animado, Pókemon.

O ponto positivo nessa temporada foi a presença de modelos com diferentes biotipos. Foi aí que a moda deu um tempo no show, para trazer produções mais reais e comerciais, claro. 

Jeremy Scott, como sempre, ousou na modelagem, abusando da sensualidade. Para equilibrar o apelo super sexy, estampa do Pókemon não faltaram...

Proenza Schouler apostou nas proporções big e muitos efeitos de lavanderia no jeans, como o bleached e o marmorizado.

A griffe Just in XX também ousou nos efeitos de lavanderia no jeans, com um mood streetwear.

Cushnie trouxe  jeans elegante para dias quentes. A calça e a saia midi, ambas de cintura alta, imprimem sofisticação aos looks.

Fazendo coro com os designers exóticos, Christian Cowan, trouxe um conjuntinho de calça e jaqueta cropped nada convencional...

Fotos: Reprodução